Saiba 6 dicas para trabalhar a marca de um clube nas redes sociais

Como é conhecido mundialmente, o Brasil é o país do futebol. E não é por acaso. De acordo com uma pesquisa ainda de 2006, o esporte era o preferido de 81% dos brasileiros. E é quase impossível encontrar uma pessoa que não tenha um time para torcer, mesmo que não seja tão atuante.

De lá para cá, a internet cresceu exponencialmente, muito por conta da consolidação das mídias sociais, em especial, Facebook e Twitter, considerados os “carros-chefes” da rede mundial de computadores.

Aliado a isso, o marketing esportivo no Brasil passou a crescer e merecer a atenção necessária por parte dos grandes clubes nacionais. Antes com baixo engajamento, as páginas oficiais destes times passaram a interagir com os torcedores e a transformá-los em consumidores, com a divulgação de promoções, artigos do clube e os inteirando sobre tudo o que acontece no dia-a-dia.

Hoje em dia, é raro encontrar um time de futebol, seja ele de qual porte seja, sem uma fan page ou uma conta oficial nas mídias sociais. O torcedor quer consumir, fazer parte. E esta interação tem sido fundamental para aumentar ainda mais o engajamento nas redes. E o melhor disso tudo: o custo para ter bons perfis nas redes sociais é bem baixo, comparado com os meios tradicionais.

Entretanto, muitos clubes ainda não sabem administrar as fan pages, no caso do Facebook, e as contas como no Twitter ou Instagram. Lá que os torcedores vão discutir as notícias, contratações e também participar de eventuais promoções do clube. Além disso, é um bom espaço para evidenciar patrocinadores e parceiros, que investem no clube. É uma boa forma de ampliar acessos ao site oficial, com o compartilhamento dos links das principais notícias e eventos que são divulgados neles.

flu_tcl

1) Movimente as redes frequentemente

O primeiro passo é planejamento na hora de começar a compartilhar o conteúdo do seu clube. De quantas em quantas horas, se será um link, uma foto ou um vídeo, por exemplo. Mas o importante é sempre estar presente na timeline do seu torcedor. Isso pode gerar curtidas, compartilhamentos (ou Retweets, no caso do Twitter) e atrair mais fãs para o seu clube.

2) Explore conteúdos visuais

Uma imagem vale mais que mil palavras. Apesar de ser clichê, nas rede sociais, um post com uma imagem ou um vídeo rendem, aproximadamente, 83% a mais de engajamento em relação a um simples texto. Além disso, use textos curtos e objetivos e utilize encurtadores de links, como bit.ly, goo.gl para redirecionar para o seu conteúdo em questão, caso haja.

3) Faça perguntas aos torcedores

Para aumentar mais ainda a interação e, porque não, a paixão do seu torcedor, pergunte na fan page ou na sua conta oficial. Por exemplo: quanto será o jogo de hoje? Quem será o destaque de hoje? Gostou do jogo? E é claro, pode chamar os torcedores para os jogos com informações relevantes. Isto gera credibilidade do seu time para os seus fãs e também para o público em geral, inclusive da imprensa.

4) Ambiente seus torcedores, torça junto!

Atualmente, a grande maioria das contas oficiais nas redes sociais fazem o tempo real de jogos que o clube disputa e até treinos. O Twitter é a ferramenta ideal para as partidas em andamento, já que as postagens são breves e rotativa. No Facebook, é ideal explorar com vídeos antes e depois dos jogos e é claro, eventos importantes da partida, como um gol, por exemplo.

5) Seja paciente e responda todas as dúvidas

Tanto no Facebook, como no Twitter, há muita interação dos torcedores com o clube. O fã quer se sentir especial e espera ser tratado assim pelo clube que torce. Portanto, seja paciente, responda todas as perguntas e críticas, sejam elas positivas ou negativas. Isso melhora muito a imagem do seu clube diante dos seus torcedores. Afinal, ninguém quer ser ignorado pelo clube de coração.

6) Sinta o que os seus torcedores sentem

Por mais que todas as dicas acima funcionem bem, dependendo de uma prova, um resultado anterior, algumas podem não serem para um momento adequado. Por isso, é importante estar “no mesmo barco” que o seu fã ou torcedor para evitar gafes ou até mesmo um resultado negativo em sua estratégia. Buscar alternativas ou uma nova abordagem é sempre válido.

cbf_twitter

Seguindo todos esses passos, seu clube terá uma boa imagem nas mídias sociais. Ganhará seguidores e, quem sabe, até atrair possíveis patrocinadores, que queiram estampar as marcas em uma rede que sabe trabalhar com as redes sociais de maneira adequada. Mas, é claro: cada clube é um clube e você terá que estudar a melhor estratégia para se dar bem neste mercado que cresce bastante na internet.

Anderson Lima

Anderson Lima

Fundador e diretor-executivo da Agência AMS. Bacharel em Jornalismo e Sistemas de Informação, certificado em marketing de conteúdo e fotógrafo. Atua na área de comunicação desde 2010, incluindo assessoria de imprensa, audiovisual, impresso e digital.